Brasil a “Pátria de chuteira, o País do futebol”

O processo de formação das profissões  no nosso país está defasado? Pouco tempo atrás no século xx, as escolas preocupavam em formar entre outros cidadãos apto ao trabalho, entre eles estava o ensino técnico do segundo grau formava alunos técnicista que poderiam buscar especializar-se na profissão que iria atuar; nos dias de hoje a especialização passa pelo ensino superior e deve fazer uma pós graduação para atuar melhor na profissão que buscar.

Acredito que este processo evolui o que ficou defasado nas profissões são as pessoas envolvidas dentro do processo de formação.

Deste modo, posso citar o futebol entendido no passado, com uma chuteira nos pés e um campo de vársea poderia encontrar um craque que poderia desenvolver sua técnica e até mesmo representar o seu país no mais longícuo rincão; no entanto hoje não devemos acreditar mais que isso possa acontecer.

A profissionalização do futebol no Brasil se tornou das mais dificeis das profissões que existe, mesmo que ainda seja conhecido como a pátria de chuteira ou o país do futebol, muitos garotos não conseguem desfrutar desta profissão, infelizmente não dependem de aptidão ou de talento esportivo, mas de quem está no comando o mandando no futebol; eu mando se você não… está fora ou seja: quem investe manda, deste modo aquele que esta fora do processo não consegue atuar; classifico que muitos tentam mas poucos conseguem.

O processo de formação de atletas profissionais deveriam ter uma atuação mais abrangente mais satisfatória no sentido de avaliar aqueles que estão inseridos dentro do processo de formação, como um códico de ética que iniciasse na base até o profissional com intuito de valorizar esta tão conhecida “pátria de Chuteira, o país do futebol”; que no meu conceito já não existe a muito tempo…

Autor: NINO SEVERIANO

Graduado em Educação Física Bacharelado e Licenciatura Uni-bh; Pós Graduado em Treinamento Desportivo IBE/FACEL; Especialista em Esportes e Atividades Físicas Inclusiva para Pessoas com Deficiência UFJF; Especialista em Mídia na Educação UFSJ, Palestrante de temas relacionado com Atividade Física, Saúde e Qualidade de vida APLICAÇÃO 100; Programa RWMO Metodologia aplicada à Resultados com Movimentos; Consultor e Assessor Esportivo, Ex-Atleta de Futebol, Preparador Físico e Treinador de Futsal e Futebol; Ex-Supervisor Geral das categorias de base do América Futebol Clube-MG; Inovador dos Métodos de Testes, Medidas e Avaliações personalizadas e coletivas, Ex-Coordenador de Educação Física da Rede Municipal de Educação de Vespasiano-MG; Ex-Coordenador de Esportes da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo de Vespasiano-MG; Ex-Coordenador da Escola de Esportes Lagoa Santa/NSED, Ex-Preparador Físico da Equipe de Futebol Profissional do Minas Boca de Sete Lagoas/MG; Comentarista de futebol convidado Rádio CBN/Globo FM 106.1/AM1150 cbn.com.br/; Ex-Secretário de Cultura e Turismo de Santa Luzia, Minas Gerais; Consultor de Marketing digital e Customer Hero; Diretor presidente da NSEDaplicação100.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.